Nº de visitantes por País

free counters

20 julho 2016

TANTO MAR...



Que o mar seja sempre visto como uma ponte entre mundos, um meio de ligação e de aproximação de gentes, e no fundo, na misturas dos azuis do mar e do céu, resulte um verdadeiro império onde as almas e os corpos se podem expressar em sonhos, em poesias, em fantasias sem fim. O mar é nosso, não as águas territoriais que as leis marítimas definem parta este e para aquele, mas todo o mar, ele é obro quase infinita e a maior parte do globo, é livre, não é posse, é dos homens, como no fundo deles também são as estrelas, e a lua, com o sol e todos os demais corpos celestes que Deus presenteou na sua ilimitada obra. No mar não vemos fronteiras, portagens, barreiras é a parte do mundo de todos, como deveria ser a Terra, do homem e da criação. Tudo foi feito para o mesmo fim, para o mesmo bem, é parte de vida, de promessa, de caminho, rumo à realização de cada um e de todos e a porta aberta à felicidade. Tanto mar...







Sem comentários: