21 abril 2016

CANTAR VITÓRIA


A VITÓRIA DE PIRRO




Pirro em grego – Πυρρος — "cor de fogo", "ruivo(318 a.C. — 272 a.C.) foi rei de Épiro e da Macedónia. Como acontecia nas histórias do seu tempo, levou a vida apimentada com guerras, com vitórias e derrotas, alianças e traições. O seu maior inimigo foi o Império Romano.

A ele se deve a celebérrima frase "Vitória de Pirro".

Depois de várias batalhas contra o exército romano Pirro foi obrigado a passar o inverno em Campânia. Consta-se que tentou negociar com Roma um tratado de paz que aquela não aceitou. Deste modo, Pirro vem a invadir a Apúlia (279 a.C.) e vai encontrar-se com as legiões romanas na Batalha de Ásculo. Foi uma vitória dificílima que obteve sobre os romanos tendo perdido mais de metade dos seus efectivos.

Pirro foi considerado um excelente militar. Foi elogiado por Cícero e o próprio Aníbal o cartaginês, considerava-o, depois de Alexandre, o Grande, o maior general de sempre.

A "VITÓRIA PÍRRICA" ou Vitória de Pirro como usualmente se denomina, é um termo que se aplica a uma vitória com sabor amargo. E, decorre da autoria do próprio Pirro que ao receber os parabéns pela vitória alcançada sobre os Romanos respondeu: "Mais uma vitória como esta, e estou perdido".





Sem comentários: