Nº de visitantes por País

free counters

21 fevereiro 2012

Assim me parece, é o amor...





Estou aqui porque te quero tanto. Assim, deste jeito, sem meias medidas. De um modo total. Absoluto. Quero o que parece inalcansável, o que pensamos inatingível. Mas só o sublime, acima da vulgaridade das costumeiras coisas, me pode proporcionar uma tranquila e segura safisfação. Quero dar-me de um modo claro, e sonho receber, também, esperando, deste modo, que da permuta maravilhosa, dessa troca entre os dois, do que de melhor cada um possui, surja a esplendorosa maravilha da certeza, que em liberdade, cada um se mantêm, e se dá. Cada um é e deve ser livre, e simultaneamente sentir que tem o outro. Consigo. A seu lado. E, sem o possuir, ele está, sempre.

Que da entrega livre que cada um responsavelmente decidiu, não subsistam dúvidas, equívocos, enganos. Que a ilusão não invada o que deve permanecer real. Que a dúvida não mine os alicerces da obra que juntos se pode construir. Que nunca exista o medo.

Assim me parece, é o amor que idealizo, e espero, total, intenso, livre, desinteressado, uno.







Sem comentários: