14 janeiro 2012

Sabes que te enviei um beijinho...?






É manhã de um dia que desejo seja muito belo para ti. Te recordei. És um anjo lindo que estás do outro lado do mundo mas que sinto perto mim quando te penso, quando te imagino, quando sonho. Sabes que te enviei um beijinho? Outro beijinho com sabor a mar…

É uma alvorada radiosa, um novo dia. Morrem sonhos, caiem por si, como noites inevitáveis em cada fim de dia. E do movimento labiríntico da imaginação com o desejo de chegar, mesmo depois de tudo parecer perdido, escuro, vazio, nasce de novo, uma nova luz, uma nova manhã, um novo dia. Nasce assim, também da renovação imparável do querer, do desejar, um novo sonho.

É manhã de um dia novo, o sol bem alto, forte e doirado irradia esplendor, apelando à vida, lembrando que o mundo continua a girar, e nada cessa, tudo é constantemente e sempre o que vem de trás, e o que é, preparando assim, nesta jornada imparável, o futuro.

Hoje, depois da tempestade, depois do turbilhão de desvarios e desatinos, saiu da escuridão um tímido raiozito de luz, que desafiando tudo e todos, ganhou força, e invadiu com alegria e calor o meu coração. É manhã de um dia muito belo…

Sabes que te enviei um beijinho com sabor a mar?









Sem comentários: