26 janeiro 2012

E quero-te tanto...







Quero-te tanto
meu amor lindo,
sinto e desejo, e penso
como seria belo os dois
juntos,
lado a lado,
nos abraçando,
ter-te entre meus braços
até sentir todo teu calor entrar em mim
e olhar teus olhos,
olhar fundo neles e ler amor,
e ter tanto para te dar,
e o desejo louco
da fantasia de receber,
amor,
muito,
e vamos nos olhar
interminavelmente,
desejando nunca perder de vista
o que vemos de belo
e intenso
dentro de cada um de nós,
e vamos sentir,
que queremos mais beijos,
e muitos mais abraços,
e nos vamos acariciar,
e nesse momento
em que juntos nos imaginamos,
em que tiramos as roupas
para nos dar-mos,
despidos de tudo,
menos do que sentimos
e a nós pertence,
e possuídos de um querer
descontrolado
de nos entregarmos
a mil delicias,
a esse delirante desejo,
de te querer assim,
de nos querermos,
de te desejar perdidamente
de te adorar…

…és linda
e quero-te tanto!












1 comentário:

Dulce B disse...

maravilhosas paisagens e belo poema, mts parabens.