17 dezembro 2011

Esta noite não pude dormir...



Esta noite não pude dormir
estava apreensivo
sentia-me só, um pouco triste, um pouco vazio, melancólico
os meus pensamentos estavam longe de mim
andavam no outro lado do mundo, depois do mar,
sentia cosinhas intensas inexplicáveis
lindas, belas, fantásticas, bonitas, suaves
era um turbilhão de sensações
e pensava, desordenadamente, sem tino,
mas, de tudo o que me vinha à ideia
me sentia bem, porque te conheci,
e sentia que algo estava a entrar na minha vida
e existia magia, sonho, encanto,
estava melancólico, entre pensamentos, quando uma estrelinha
linda, muito brilhante, entrou no meu quarto
e mostrando mil cores, pousou no meu ombro
e me disse: "Espera e confia Pedro, eu entendo, ela é linda
e estás a enamorar-te, não temas, descansa, é lindo,
dorme meu amigo, que eu num instantinho vou por ti
e levo tudo o que sentes, e podendo, vou pousadamente,
dar por ti um beijinho cheio de ternura no teu amor"
E foi, a estrelinha atravessou o mar, feliz fez piruetas em pleno vôo
e entrou no teu quarto, quando dormias, falou-te baixinho ao ouvido.
... voltou a estrelita, brilhando e feliz, e me disse:
"Pedro, o teu amor é lindo, fiz como te prometi, lhe contei tudo o que sentes
e sabes? Ela sorriu, de mansinho, tranquila... e ficou bem
muito bem, quando lhe depositei na face o teu terno beijinho"
Foi nesse momento, então, que adormeci...




Sem comentários: