Nº de visitantes por País

free counters

15 fevereiro 2011

Do princípe encantado do reino de maravilhas...


Descoberto por um qualquer estudioso cujo nome a história preferiu ocultar, existiu à muitos séculos, num lugar estranho, muito longe, talvez no outro lado do mundo, um príncipe, jovem, sonhador, temerário, que vivia rodeado de magos e sábios, para que um dia ao se tornar rei, depois de cuidadosamente preparado, pudesse por fim criar um reino, onde, diferente dos demais da terra, pudesse instalar-se, de mão dada a sabedoria, a paz, a justiça e a prosperidade.

Esse reino, de que apenas se possui esse testemunho que o homem de estudos encontrou nas suas árduas pesquisas, e o palácio desse príncipe, que se pode perceber na gravura junta, existiu, e o seu reinado foi durante muitas gerações recordado por todos. Ali existia felicidade, o povo vivia tranquilo, administrava-se com prudencia e sabedoria, havia abundancia, a harmonia existente garantia um bem estar imenso.

Os homens desde que os respeitem na sua dignidade, e os tratem com respeito, que tenham ao seu dispôr o que lhes és seu por natureza ou necessitem para viver, relacionam-se com frontalidade e cortesia, longe de intrigas e invejas, afastados de violencias, realizando, deste modo, uma existência feliz.

Assim foi ese reino, do príncipe do palácio junto ao rio, e todos viveram felizes, tão felizes que muitos aindam ateimariam não ter sido realidade tal mundo de outrora, não se atrevendo a constestar tal evidencia face à provas do velho historiador, e que colocamos junto. Para que conste e sirva de exemplo.


Sem comentários: