24 setembro 2009

Músicas no ar...





Músicas no ar

Notas sonoras pululam nos ares
Invadindo quiméricas enseadas
Onde veleiros em repouso
Retemperam energias, ânimos,
Aguardando uma nova luz
Em auspiciosa aurora
E possam partir de novo
Aos sons de esperanças
Ao rufar de ímpetos cadenciados
Ao ritmo de caminhadas
Rumo ao mundo novo
Prometido
Esperado
Desejado
Querido
Um novo espaço
De explosão de ideias
De descobertas
De encontros
Num mundo encontrado algures
Onde o canto seja hino
E a liberdade bandeira
E nunca exista silencio
Nem escuridão
Nem seja império de sombras
Ou casa escura
Esse recanto num sitio imaginado
Onde as músicas envolventes
Nunca deixam de tocar
Em todos e em tudo
Que existe e no que é
E no que, mesmo não sendo ali estará
Com música, com notas soltas
Subindo e descendo, alto e baixo
Em tudo
No ar.





2 comentários:

mariam disse...

Pedro,

tenho andado ausente... bom voltar aqui.

palavras de sentires teus... e as imagens fantásticas! como sempre .

um sorriso :)
mariam

mariam disse...
Este comentário foi removido pelo autor.