Nº de visitantes por País

free counters

17 agosto 2009

Há sempre um regresso



Há sempre um regresso

Perdemo-nos em cada instante
Porque partimos em busca de nós mesmos

Perdemo-nos em cada dia, em todos e em nenhuns
Momentos
Porque desejamos transformar em realidade
Os nossos sonhos mais belos

Partimos, ao assalto, à aventura
Saltando precipícios e violando fronteiras
Porque acreditamos no tesouro
Oculto entre as areias de uma praia

Partimos, mesmo cansados,
Mesmo quando impossibilitados de mover-nos
Nos deixamos quedar, sós, sem um passo
Procurando que as nossas fraquezas
Se transformem em fúrias

Um dia vamos voltar
Regressamos, retornamos ao local
Donde partimos e a nós mesmos
E aos outros que assistiram calados
Á fuga que parecia a nossa partida
Um dia voltamos ao inicio de tudo
Do nosso pequeno mundo
E dos nossos primeiros passos
Ao que fomos e ao que queremos ser
À ilusão e ao sonho que nos fez correr

Um dia depois de partir
Vamos voltar a nós mesmos
Num regresso que sempre tem de ocorrer
E que existe sempre

Há sempre, no nosso mundo
E nas nossas vidas, o nosso voltar
Há sempre o retorno
O nosso regresso.

2 comentários:

Mariana disse...

O importante é sempre voltar;ou começar de novo de onde parou.Eita!!!Sinto falta do apoio do escadote!!!

beatriz palma disse...

...como me assentam todas estas palavras... ilustram este sentir

abraço de peito aberto


BIA