Nº de visitantes por País

free counters

07 abril 2009

Mesmo sabendo que não existes…








…é lindo seguir ao teu lado


Sinto os teus passos silenciosos
Ao meu lado
Junto a mi
Ouço o teu respirar
O bater do coração
Um querer que sinto
Ao longo da praia
Na areia molhada

Toco com a minha a tua mão
De leve, levezinho
O calor pula para dentro de mim
Estremeço de querer, de sentir
É bom caminhar ao teu lado
Olhando o futuro
O sol, brilhante e forte
Lá longe.

Olho os teus cabelos ondulando
Levemente ao sabor da brisa
Sinto essa carícia suave
Como se me tocassem o rosto
Sinto, esse toque mágico
E sorrio à sorte de te ter
Aqui ao meu lado
Debaixo da protecção do sol.

Falo contigo, enquanto olho teus lábios
Enquanto o brilho dos teus olhos me desperta
Para aventuras sem fim
Caminho calcando areias
Vaidoso de te ter e de te amar
Forte de estar assim contigo
Intrépido desafiando todo o mundo
E a mim mesmo.

Caminho ao teu lado na praia
Mesmo sabendo que não existes
Que és a sombra, a sombra simples dos meus sonhos
Que és ilusão sem fim.

E sinto um estremecer inexplicável
Cada vez que te toco, assim sem querer
Na nossa caminhada na praia
Mesmo sabendo que não existes.
E mesmo sabendo que não és
Conhecendo a verdade, que não podes estar,
Sorrio as ouvir esses teus passos na areia
Ao ver os teus olhos da cor do mar.

Mesmo sabendo que não és
Nem estás
Nem serás nunca
É lindo seguir ao teu lado…

…Mesmo sabendo que não existes,
Ao teu lado não me sinto só
E caminho, olhando-te,
Querendo-te, tocando-te,
Só para sentir esse teu calor.

… Mesmo sabendo que não existes
Sou feliz por poder amar-te
Em cada momento que nos tocamos
Em cada instante em que de mãos dadas
Damos o nosso passeio na praia
E ouço o teu respirar
E vejo os teus olhos lindos
Da cor do mar.











Sem comentários: